http://br.jooble.org/

Siga-me no Twitter

Me leve com você!

Visitantes

Download

Postagens populares

Venha para Facho

PageRank

Verifique o PageRank de qualquer página da web instantaneamente:
  
Esta ferramenta gratuita é fornecida por MestreSEO.

SOS NATUREZA

SOS NATUREZA

Seguidores DIHITT

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Psicóloga, Blogueira, adepta da meditação e alimentação saudavel. Experiência em empresas da área de mineração, bancacaria, varejo e consultoria de RH, habilidade em recrutamento e seleção, rotinas de departamento pessoal, habilidade para aplicação de testes para ingresso em empresas, treinamento, capacitação e avaliação de pessoal. Empática, localizo prioridades de cada pessoa para melhor aproveitamento. Comunicativa e pró ativa. Pontos fortes: criatividade, solução de problemas, facilidade social. Analiso os elementos internos e externos holisticamente na tomada de decisões. Focada sempre nas metas e resultados.

"Pessoas bem sucedidas"

Pessoas bem sucedidas procuram soluções quando encontram um problema pela frente. Não perdem tempo se queixando, porque vêem os problemas como oportunidades de se superarem. Assim, as pessoas bem sucedidas são, normalmente, aquelas que acham soluções - enquanto o resto se queixa.

Blogger Themes

Pesquisar neste Blog

Pages

sexta-feira, 30 de março de 2012

Como Administrar e lidar com o Conflito para Ter um Bom Desenvolvimento Profissional?


O mundo contemporâneo está rodeado de conflitos de todos os tipos, devido ao fato de que as pessoas serem distintas, pois diferem na maneira de agir, pensar, perceber e sentir. As diferenças individuais são portanto inevitáveis com suas consequentes influências nas dinâmicas interpessoais. Mas essas diferenças não podem ser consideradas inerentes boas ou más, pois algumas vezes trazem benefícios ao grupo e outras vezes trazem prejuízos, reduzindo-lhe a eficiência.


O conflito é a manifestação de insatisfação ou de divergência de idéias, percepções e opiniões, é possível pensar inúmeras alternativas para indivíduos e grupos lidarem com os conflitos. Estes podem ser ignorados ou abafados, ou sanados e transformados num elemento. O conflito não é patológico nem destrutivo, podem ter conseqüências funcionais e disfuncionais, a depende de sua intensidade, estágio de evolução, contexto e forma como foi tratado.


1- Como lidar com o conflito:

• Evitar o Conflito: Procurando compor grupos mais homogêneos, com maior afinidades de ponto de vista, valores, metas e metódos.

• Reprimir o Conflito: Mantendo as diferenças sobre controles, encobertas, portanto, pela enfase continuada a lealdade, cooperação, trabalho em equipe, conduzindo a um clima contrario a situações de discordâncias


2- Como administrar o conflito:

• Criar uma atmosfera afetiva;

• Esclarecer as percepções;

• Focalizar em necessidades individuais e compartilhadas;

• Construir um poder positivo e compartilhado;

• Olhar para o futuro e, em seguida, aprender com o passado;

• Gerar opções de ganhos mútuos;

• Desenvolver passos para a ação a ser efetivada;

• Estabelecer acordos de benefícios mútuos.

O manejo de situações de conflito é essencial para as pessoas e as organizações como fonte geradora de mudanças, pois das tensões conflitivas,dos diferentes interesses das partes envolvidas é que nascem oportunidades de criatividade, novas idéias e de crescimento mútuo.

11 comentários:

Fernandez disse... [Responder comentário]

Olá amiguinha Maria!
Gostei muito do post! Muito bom! Realmente lidar com conflitos é uma arte. Acredito que a comunicação resolve praticamente todos os conflitos.
Os pontos levantados para administrar o conflito foram todos ótimos.
Parabéns pelo texto.
Beijo no coração, Fê.

Principe Encantado disse... [Responder comentário]

Essa é a mior matéria que a vida nos apresenta, Administrar, sendo bom administrador chega-se aos bons resultados o difícil é realmente saber usar essa técnica em nossas vidas.
abraços forte

Valéria Braz disse... [Responder comentário]

Mary, ótimo post, mas também como profissional da área, e à partir da minha experiência pessoal, não acredito em gerar um não conflito... isto não existe. Explico, se eu criar um grupo homegêneo de forma a não gerar conflito, corro o risco, o sério risco de perder a criatividade, as várias possibilidades de ver uma mesma questão e melhorar em qualidade. Portanto, quanto menos homogêneo for grupo, mais ganho em possibilidades..... e assim também estaremos mais certos de conflitos. O segredo é saber adminsitrar esta divergência de idéias e opiniões, este sim é o verdadeiro objetivo... e claro, administrar requer muito jogo de cintura, sinergia e técnicas... além de credibilidade junto a equipe.
Uma das minhas especializações é administração de conflitos no ambiente de trabalho, e já tive equipes homogêneas, e te digo, é mais difícil trabalhar com elas.... as equipes heterogêneas, apesar de conflitos constantes são mais abertas ao novo e a várias possibilidades.
Hoje em dia, nem mesmo numa equipe financeira, procuro homogeniedade..... e tenho tido bastante sucesso com as equipes que divergem.
Beijo no coração

LISON disse... [Responder comentário]

Que Post Fantástico!
AMIGA MARY, um artigo repleto de esclarecimentos. Magnífico!
Administrar conflitos requer experiência, estudar o todo e uma grande pincelada de diálogos se somando a paciência de Buda de kamacura!
Parabéns por mais um excelente Post!

Valeu à pena conferir!
Contagiou. Mexeu. Valeu.
Abraços,
LISON.

Francisco Renaldo disse... [Responder comentário]

Muito bom, no final das contas esqueecemos que estamos lidando com pessoas... acredito que ainda falta-nos humanidade... contato... e sobretudo empatia para solucionar nossos problemas, sejam eles profissionais ou pessais!Um abraço!

Antonio Regly disse... [Responder comentário]

Mary,

Muito interessante, em especial a administração dos conflitos.
Quando estes se dão apenas na esfera da equipe e tem alguém - a pessoa do gerente - que concebe os pontos apresentados para gerí-los, é muito bom para todos. O problema é quando o gerente é o causador dos conflitos, destruindo a auto-estima, inibindo a criatividade - tudo que se cria não está bom, ou não é bom para a empresa ou, ainda, está fora da visão - e sem nenhum acordo.

Mesmo sendo gerente, minha superiora, era a toda-poderosa e, amiga, imagine em que nível convivia com os conflitos. A vida dá umas guinadas que não entendemos. Adoeci e acabei me aposentando precocemente e, por isso, perdendo dinheiro. Acho que foi melhor assim, pelo menos sobrevivi à batalha contra a doença e não perdi a vida trabalhando.

Amei o seu post! Sempre aprendo muito com o que escreve.

Desculpe-me por compartilhar estas experiências vividas dentro do tema proposto. Acredite, fez-me bem.

Abraço do amigo,

Antonio

joana disse... [Responder comentário]

Mary
É tão dificil lidar com conflitos!...
Os seus conselhos são excelentes!
Ás vezes leva muito tempo a serem resolvidos,mas com paciencia ,e firmeza tudo se resolve.
bjs
joana

Joselito disse... [Responder comentário]

Bem, além das dicas apresentadas, também tenho um bom livro para leitura ... "A arte de engolir sapos", claro, não é by Principe!!

Renata disse... [Responder comentário]

Muito boa essa apresentação e a iniciativa de expor.Fazendo com que muitas pessoas possam ter uma base mínima de conhecimento, muitas vezes até estão em busca, mas nao encontra nada assim, tão simples e completo.Parabens.

Renata Nacre

Anônimo disse... [Responder comentário]

Administrar conflito realmente é uma tarefa das mais importantes (e desafiadoras)para os líderes. Ao mesmo tempo, também considero o conflito uma manifestação extremamente interessante para a empresa mesmo quando o conflito tem uma conotação mais agressiva, perjorativa pois nesse caso o conflito é apenas um sintoma, talvez a gota d'água de algum problema grande que ocorre dentro do grupo e que até então passava despercebido. Não acredito, particularmente, em grupos homogêneops, pessoas iguais tendem a fazer tudo sempre igual e na prática, o conflito gerado nesse tipo de grupo é mais negativo do que nos heterogeneos. Vejo a comunicação, a meritocracia e os acordos claros como formas mais interessantes de administar conflitos.

Abraço!

Anônimo disse... [Responder comentário]

Maria do Carmo, acredito que a melhor forma de administração de conflito é através do diálogo. Reconheço que nem sempre isso é fácil e que depende muito da atitude positiva de todos os lados envolvidos.
O diálogo pressupõe ouvir, sem julgamentos, sem a preocupação de definir um culpado. O princípio é a tentativa de compreender de forma ampla as ocorrências e, se possível, procurar enxergar com a clareza da distância, ou seja, tentar se distanciar da situação olhando sob outros ângulos, com a mente aberta, para então buscar a convergência de opiniões e identificação de alternativas viáveis de solução.
Esse é um exercício que contribui, sem dúvida, com o nosso desenvolvimento pessoal e profissional.
Rose Fuzo

Postar um comentário

Agenda do Recife

REVISTA VOCÊ RH

Google+ Badge

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Consultoria de RH

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Me leve com você!

Adicione seu Email

E-book

E-book

COMPRAR E-BOOK

Tradutor

Translator

    English French
    German Spain
    Italian Dutch
    Russian Japanese
    Korean Arabic

Arquivo do blog