http://br.jooble.org/

Siga-me no Twitter

Me leve com você!

Visitantes

Download

Postagens populares

Venha para Facho

PageRank

Verifique o PageRank de qualquer página da web instantaneamente:
  
Esta ferramenta gratuita é fornecida por MestreSEO.

SOS NATUREZA

SOS NATUREZA

Seguidores DIHITT

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Psicóloga, Blogueira, adepta da meditação e alimentação saudavel. Experiência em empresas da área de mineração, bancacaria, varejo e consultoria de RH, habilidade em recrutamento e seleção, rotinas de departamento pessoal, habilidade para aplicação de testes para ingresso em empresas, treinamento, capacitação e avaliação de pessoal. Empática, localizo prioridades de cada pessoa para melhor aproveitamento. Comunicativa e pró ativa. Pontos fortes: criatividade, solução de problemas, facilidade social. Analiso os elementos internos e externos holisticamente na tomada de decisões. Focada sempre nas metas e resultados.

"Pessoas bem sucedidas"

Pessoas bem sucedidas procuram soluções quando encontram um problema pela frente. Não perdem tempo se queixando, porque vêem os problemas como oportunidades de se superarem. Assim, as pessoas bem sucedidas são, normalmente, aquelas que acham soluções - enquanto o resto se queixa.

Blogger Themes

Pesquisar neste Blog

Pages

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Como ter um guarda-roupa de sucesso



Se você acaba de ser aprovado em uma seleção de estágio ou trainee e se prepara para o primeiro dia de trabalho, pode estar em dúvida sobre o que vestir para iniciar a carreira em uma empresa. Essa é uma preocupação importante. Como apurou o iG Estágio e Trainee junto a profissionais de orientação de carreira e de moda, é bom saber que a roupa do profissional muitas vezes é seu primeiro cartão de visita e passa mensagens sobre você a seus colegas de trabalho. O portal listou também algumas dicas para ajudar você a identificar essas regras na empresa .
Como se vestir bem - Não há uma regra para saber se vestir de forma adequada ao ambiente profissional, afinal isso depende de fatores como a profissão, região e a cultura do local de trabalho. Portanto, antes de escolher a roupa é preciso descobrir qual o estilo da companhia e do setor que você vai atuar. Se não houver um dress code, ou regras e orientações claras com orientações sobre o vestuário indicado para os funcionários da empresa, é preciso pesquisar. O iG Estágio e Trainee traz cinco dicas sobre como descobrir e o que levar em conta para não errar nos primeiros dias de trabalho:


1) Observe o ambiente de trabalho e converse com os colegas – É sempre indicado verificar como os seus colegas e superiores se vestem e aprender pelo exemplo. Também é bom não esquecer de perguntar como eles costumam se vestir em algumas ocasiões, como nas reuniões com a diretoria e em dias mais informais.

2) Pergunte às fontes oficiais – Perguntar sobre a roupa usada no ambiente de sua empresa é fundamental, assim como você deve saber o salário, horário e local de trabalho. É recomendável que a dúvida seja esclarecida no momento da contratação. Se não foi, é bom perguntar no departamento de recursos humanos se há orientações sobre como se vestir. Algumas empresas passam essa orientação no processo de integração dos novos estagiários e trainees, ou em palestras, cursos ou memorandos. Perguntar ao seu chefe também é uma alternativa.
3) Conheça os costumes da região - As roupas usadas no trabalho também podem variar de acordo com a região. Em uma mesma empresa, por exemplo, você pode encontrar um modo de vestir mais sóbrio em São Paulo e mais informal em estados com o clima mais quente. Saber isso vai ajudar principalmente se você for transferido ou visitar outras unidades da companhia pelo Brasil.
4) Tenha uma alternativa – Uma opção para não errar nos primeiros dias é ter com você uma peça de roupa extra para que, com uma pequena mudança, você mude seu visual. Essa dica é válida também para quem já está trabalhando e deixa na empresa essa peça extra. É uma forma de deixar seu vestuário mais versátil, por exemplo, com um blazer, que pode ser retirado se o ambiente for mais informal.
5) Saiba como os profissionais da sua área se vestem – Segundo especialistas, muitas profissões podem ter um estilo de vestuário diferente das outras. Isso vale, por exemplo, para um estagiários de direito de uma empresa que adota um vestuário informal. Em muitos casos, ele terá de trabalhar como outros advogados, mais formais, e não como o restante dos colegas da companhia.
Fontes: Almiro dos Reis Neto, presidente da Franquality Recursos Humanos e vice presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH), Andreza Santana, gerente de marketing da recrutadora de profissionais Monster Brasil, Manoela Costa, consultora sênior da Page Personnel, Maria Tereza Gomes, professora de pós-graduação do curso de carreiras da Fundação Instituto de Administração da Universidade de São Paulo (FIA-USP) e Rudney Pereira Júnior, gerente de projetos do Grupo Foco Recursos Humanos.
terça-feira, 21 de agosto de 2012

Quem Você Levaria Para Um Abrigo Subterrâneo?



Recentemente fiz um post sobre "Como perder o medo da dinãmica de grupo", por isso estou trazendo para vocês uma dinâmica que é usada no processo de recrutamento e seleção nas empresas. A finalidade dessa dinâmica é despertar nas pessoas a consciência de que os medos e as diversidades existem, caberá a responsabilidade individual enfrentá-los e a procura da solução que os mesmos requerem. Quero analisar sus escolhas  nessa dinâmica

                                                      ABRIGO SUBTERRÂNEO


Imaginem que nossa cidade está sob ameaça de um bombardeio. Aproxima-se um homem e lhes solicita uma decisão imediata. Existe um abrigo subterrâneo que só pode acomodar seis pessoas. Mas 12 pretendem entrar.

Abaixo, há uma relação das 12 pessoas interessadas a entrar no abrigo. Quais são as 6 pessoas que vocês escolheriam e digam o porque:



( ) Um violinista, com 40 anos, narcótico viciado.

( ) Um advogado, com 25 anos, HIV +.

( ) a mulher do advogado, com 24 anos, que acaba de sair do manicômio. Ambos preferem ou ficar juntos no abrigo, ou fora dele.

( ) Um sacerdote com 75 anos

( ) Uma prostituta, com 34 anos.

( ) Um ateu com 20 anos, autor de vários assassinatos.

( ) Uma universitária que fez voto de castidade

( ) Um físico, 28 anos, que só aceita entrar no abrigo se puder levar consigo uma arma.

( ) Um declamador fanático, com 21 anos.

( ) Uma menina de 12 anos, e baixo Q.I.

( ) Um homossexual, com 47 anos.

( ) Um excepcional, com 32 anos, que sofre de ataques epilépticos
quinta-feira, 16 de agosto de 2012

10 formas de crescer no emprego








A especialista em motivação Leila Navarro ensina os mandamentos do profissional comprometido em otimizar sua performance. Se você quer fazer parte deste time, é hora de seguir esse manual:

1 – Crie o hábito de pensar

Procure dedicar alguns minutos de seu tempo, diariamente, para pensar e refletir sobre você mesmo, sua carreira, a empresa em que trabalha e suas relações com aspessoasque o cercam e com o planeta. Preferencialmente, estabeleça também o hábito de anotar esses pensamentos. Vale a pena escrever tudo o que vier à sua cabeça, mesmo que seja algo improvável ou que você considere insignificante. De vez em quando, releia as anotações passadas e refliita sobre elas: suas ideias continuam pertinentes? Você mudou seu jeito de pensar? Por quê?

2 – Trace seus objetivos

Já que você está com papel e caneta nas mãos, que tal fazer uma lista de seus objetivos e do que é necessário fazer ou ter para alcançá-los? Organize-se e planeje, assim, tudo fica mais fácil e lógico. Mas não queira conquistar tudo de uma só vez. Em vez disso, estabeleça metas realistas, comprometendo-se com o que é mais importante ou mais urgente.

3 – Não desperdice as oportunidades

Muitas oportunidades estão soltas por aí para o primeiro que as pegar. Fique atento e aberto às oportunidades que aparecerem pela frente e tenha calma para selecioná-las. Mas não se esqueça: saber calcular riscos e avaliar as possibilidades, de modo a controlar os resultados esperados, é tão importante quanto ser corajoso!

4 – Fique atento às pessoas

Preste atenção ao seu redor. Aprenda a observar, perguntar e ouvir. Mantenha sua rede de contatos sempre atual, em constante funcionamento. Hoje, os contatos são tão importantes quanto a carteira de clientes. Por isso, vale a pena pertencer a associações e estreitar alianças com o maior número de pessoas possível, por meio de fornecedores, clientes e amigos. Então invista!

5 – Crie o hábito de ter ideias

Procure pensar em soluções completamente diferentes para os problemas e dúvidas que você tiver. Para ter uma ideia, colha informações e dados a respeito do problema ou da dificuldade e anote, sempre, as soluções que forem surgindo. Fale com você mesmo sobre a ideia, pois seu subconsciente pode encontrar soluções inimagináveis e eficazes. Da mesma forma, experimente fazer seu trabalho de maneiras diferentes. Mude o jeito de encaminhar as coisas, procure alternativas para simplificar tarefas, crie novos procedimentos.

6 – Cuide da energia

Não há como utilizar seu potencial se você for uma pessoa pessimista, desorganizada, estressada, que não pratica nenhuma atividade física e que não tem uma boa alimentação. Para manter a produtividade sempre em alta, cuide de seu corpo e de sua mente. Só assim você terá muito mais disposição para dar o melhor de si.

7 – Aprenda sempre

Você tem a chance de aprender coisas novas diariamente. Aproveite, pergunte, fique perto das pessoas que você perceber que podem ter coisas a ensinar. Não desperdice nenhuma oportunidade para estudar, ler novos livros e fazer cursos e treinamentos.

8 – Faça multiplicadores

Sempre que puder, compartilhe seu conhecimento e ensine aos outros que compartilhar é tornar possível o sucesso de todos. Não entre em competições. Todos têm seu espaço para conquistar. Conquiste o seu e reconheça o do próximo.

9 – Exercite o pensamento positivo

Diariamente, ao despertar, tenha pensamentos positivos, algo como "hoje, apesar de tudo, eu serei feliz" ou "a criatividade sempre pode me ajudar a resolver problemas". Os pensamentos que temos nos primeiros minutos do dia determinam a qualidade de 80% do restante daquele dia. Com essas atitudes simples, você poderá terminar o dia satisfeito por ter cumprido seus objetivos da melhor forma possível.

10 – Seja ético

Em qualquer situação, aja com honestidade, transparência e lisura. Assim, não há como o resultado ser negativo. Aplique as dicas em seu dia a dia e boa sorte.

*Leila Navarro é coach, escritora e palestrante há mais de 10 anos, tendo consolidado, neste tempo, um forte nome no Brasil e no exterior. Ao abordar temas Comportamentais, de Liderança, Gestão de Pessoas, Vendas e Empreendedorismo, já teve suas palestras assistidas por mais de um milhão de pessoas e hoje integra o ranking dos 20 maiores palestrantes do Brasil, segundo a Revista Veja. Além disso, já ganhou por duas vezes o Prêmio dos 100 Melhores Fornecedores de RH – Categoria Palestrante do Ano (2005 e 2009).
Para saber mais sobre Leila Navarro, acesse:

domingo, 12 de agosto de 2012

Como a arte pode alavancar sua carreira





Criatividade, capacidade de observação e de improviso são qualidades cada vez mais valorizadas no mercado de trabalho. Profissionais com essas habilidades têm mais chance de sucesso na carreira.

Mas como se tornar mais criativo e observador em um mundo em que a objetividade, a racionalidade e praticidade são imperativas? É nessa hora que a arte entra em cena.
“As atividades artísticas são importantes para despertar lembranças, referências e trabalhar o autoconhecimento”, diz Sueli Garcia, professora da Universidade Belas Artes.
Na opinião dela, as próprias empresas deveriam adotar essas atividades em seus sistemas de trabalho. “Seria uma forma também de diminuir o stress e tornar a atividade profissional mais prazerosa”, diz.
Mas enquanto essa não é a realidade da maioria das companhias, escolha qual atividade ligada à arte pode contribuir mais com a sua vida e o seu momento profissional:

  • Teatro

É uma ótima opção para quem tem uma rotina de reuniões, apresentações de produtos e projetos.
Aprender a “encantar com a palavra” é um dos principais aspectos tratados, diz Nany di Lima, professora do curso Teatro para Executivos da FAAP. “Isso é o que o ator sabe fazer”, diz.
“Jogo de cintura” também é uma das qualidades que podem ser desenvolvidas com o teatro. As artes cênicas, na opinião dela, ajudam profissionais que se tornaram excessivamente práticos e racionais com o dia a dia corporativo.
“Os alunos aprendem técnicas de improvisação e participam de jogos e dinâmicas que ativam todos os sentidos”, explica.

  • Desenho e pintura 

Não é preciso ter talento para o desenho para aproveitar os benefícios de um pincel e de uma tela em branco.
“Desenhar, além de ativar a memória, estimula a criatividade”, diz o artista plástico e arte - educador Luis Castañón.
Para ele, o “fazer artístico” não deve ser encarado como uma excentricidade e, sim, como uma necessidade básica e imprescindível.“Nos torna mais espontâneos e criativos em tudo o que fazemos”, diz Casteñón.
“O contato com a arte liberta e nos obriga a pensar e, se isso não for suficiente para nos converter em cidadãos melhores, certamente fará de nós pessoas diferentes”, diz o especialista, que ministra cursos na Universidade Belas Artes.
A própria observação de uma obra de arte já traz benefícios. “Ao apreciarmos um trabalho criativo, estamos também criando”.

  • Dança

Ganhar ritmo e agilidade é um dos resultados de quem opta pela dança. E, por se tratar de uma atividade física, faz bem para o corpo.
“É um grande estímulo cardiovascular e respiratório, com potencial para alta queima calórica”, diz Saturno de Souza, diretor técnico da Bio Ritmo Academia.
Além disso, a atividade tem um forte apelo emocional, já que os alunos geralmente praticam os ritmos que mais gostam de ouvir. “Isso acaba estimulando os centros de prazer no cérebro, não só pela atividade física, mas também pelo efeito que a música causa”, diz.
Para o profissional que leva uma vida agitada, o alívio ao estresse é um dos grandes ganhos, diz Souza. “É quase impossível não se desligar dos problemas a partir do momento que nos integramos à proposta da atividade”, diz.

  • Fotografia

“A prática fotográfica é um grande incentivo à criatividade”, diz o fotógrafo Nelson Paim, que ministra cursos e workshops nessa área.
O desenvolvimento do olhar fotográfico permite uma observação mais criativa e crítica, diz ele. Os praticantes passam a ver o mundo com mais sensibilidade e atenção.
Se o poder de planejamento é crucial para as empresas, a fotografia também pode ajudar neste aspecto. Isso porque, toda fotografia é planejada. “Em frações de segundo ou horas, o fotógrafo decide como mostrar uma situação”, diz.
“Um bom fotógrafo observa a luz, faz o enquadramento obedecendo a uma composição esteticamente equilibrada e cria uma imagem que demonstra seu planejamento e sensibilidade. Um bom executivo, também”, diz Paim.

  • Música

 Quem pretende se aventurar no mundo da música vai desenvolver habilidades como lógica, concentração, disciplina e paciência, segundo Eric Luciano, fundador e diretor da escola de música Atelier de La Musique.
Para ele, também se trata de uma boa ferramenta de combate da timidez ao estresse. “Muitos dos nossos alunos chegam até nós com o principal propósito de reduzir o estresse e a ansiedade causados pelo trabalho”, diz.
No campo físico, a prática de um instrumento musical melhora a coordenação motora, precisão dos movimentos e postura corporal.Como as outras artes, a música também contribui para a criatividade, comunicação e percepção das emoções, explica Luciano. “Ouvir e estudar música pode abrir seus horizontes para novas sensações e novas culturas, e estimular o prazer nas tarefas do cotidiano”, diz.




quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Qual a diferença entre empatia e simpatia?








Muitas pessoas ainda confundem Empatia, com Simpatia, você pode ter simpatia por alguém, mas não pode ter empatia. A simpatia é o apreço, admiração à atos e idéias de outros, ou seja,  simples entendimento do sofrimento do outro, já a  Empatia é proativa, deriva-se inicialmente, na maioria dos casos, da simpatia,sendo que vai mais além, é a capacidade de se colocar no lugar do outro. “O objeto da empatia é a compreensão, e o objeto da simpatia é o bem-estar do outro. (...) Em resumo, a empatia é um modo de conhecimento e a simpatia um modo de encontro com o outro”, define o psicólogo americano Lauren Wispe.  

Hoje em dia a sociedade tem uma cultura muito individualista, são poucas         pessoas que conseguem de fato, se colocar no lugar do outro, de ter essa sensibilidade. Principalmente no mundo corporativo, onde a concorrência é acirrada, um querendo ser melhor do que o outro, as pessoas estão tão preocupadas consigo, que exercem pouco a empatia, mas para entender o próximo é preciso, primeiramente, aprender a conhecer a si mesmo. Esse é um grande problema, as pessoas tem medo de conhecer a si mesma, tem medo do que o autoconhecimento pode revelar, trazer frustrações, traumas que as vezes as pessoas não estão preparadas, então prefere fugir do seu “eu”. 

Um profissional que tem um caráter exemplar,bons conhecimentos técnicos e generalista,  e consegue ser empático com as pessoas tem uma chance maior de ter sucesso em sua carreira.Pois não adianta você ter um grande conhecimento cientifico, ser muito inteligente, ter uma grande capacidade de resolução de problemas, se você não conseguir se colocar no lugar do outro, para as organizações , hoje em dia , os funcionários, possuem um grande valor. 

Particularmente eu sempre procuro ser empáticas nas minhas relações, tanto profissionais como sociais. O engraçado é que às vezes eu me coloco tanto no lugar dos outros, que parece que eu absorvo as emoções e sensações deles, hoje em dia consigo mais me controlar. Antigamente por exemplo, se eu visse uma pessoa sendo ferida, era como eu sentisse a dor dela, como se estivesse dentro de mim, quando eu via as crianças nas ruas pedindo esmolas, me dava uma sensação de tristeza, que me colocava no lugar delas e me sentia muito mal.Quando alguém era demitido no trabalho, era horrível, ficava imaginando a situação daquele pai ou mãe de família sem emprego.Sendo que fui trabalhando essas minhas emoções e fui percebendo que infelizmente não poderia mudar aquela realidade, e que cada um teria que passar por essas trajetórias, as vezes boas e as vezes nem tanto.Mas mesmo assim não fiquei insensível com essa realidade, ao contrario, procuro sempre fazer minha parte para transformar um pouco da tristeza em esperança e da alegria em sucesso.

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

As Principais competências de um Profissional de sucesso

Nos tempos jurássicos as empresas valorizavam muita a parte técnica e o QI(Quoeficiente de inteligência) de um profissional, realmente você poderia ser um homem das cavernas, aquele bem fechadão e que não se relacionava com ninguém, mas mesmo assim era esse perfil que as empresas buscavam.



Mas como o mundo vive em plena transformação, as coisas mudaram e o geniozinho e o homem das cavernas  foi perdendo espaço, mas claro que ainda as pessoas inteligente se sobressaem, mas também tem que ter a inteligência emocional, ou seja ter a habilidades de motivar a si mesmo e persistir mediante frustrações; controlar impulsos, canalizando emoções para situações apropriadas; praticar gratificação prorrogada; motivar pessoas, ajudando-as a liberarem seus melhores talentos, e conseguir seu engajamento a objetivos de interesses comuns.

Na minha humilde opinião, as principais competências fundamentais  de um profissional de sucesso são:
  • Liderança: Ser um  líder exemplar, que consiga lapidar o que a de melhor na sua equipe e que não quer brilhar sozinho, e sim junto com a equipe toda.
  • Criatividade: Temos que ser nós mesmo e buscar coisas novas, e não cópias dos outros. Todo mundo tem criatividade dentro de você, sendo que muitos tem preguiça de pensar e estimular sua criatividade, preferindo ficar na mesmice. Aquelas pessoas que se destacam no mercado de trabalho, são os diferentes, criativos.
  • Empatia: Temos que saber se colocar no lugar do outro, para poder compreender suas problemáticas, e assim ajudar os nossos colegas.
  • Resolução de problemas e raciocino lógico: Ter a capacidade de resolver os problemas no menor tempo possível e com assertividade, sem transformar um único problema em vários.
  • Sonhador: O sonho faz parte da vida e das pessoas de sucesso, é através de sonhos que imaginamos coisas quase impossíveis, mas que corremos atrás para conseguimos realiza-los, pois quem não sonha, não vive
  • Humildade: O grande segredo de permanecer com sucesso é a humildade, pois quando chegamos no topo, o ego pode inflar muito e sim não controlamos nosso egocentrismo, podemos nos sufocar, e por isso temos que ter humildade para aceitar que somos iguais e não melhor do que ninguém.

Agenda do Recife

REVISTA VOCÊ RH

Google+ Badge

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Consultoria de RH

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Me leve com você!

Adicione seu Email

E-book

E-book

COMPRAR E-BOOK

Tradutor

Translator

    English French
    German Spain
    Italian Dutch
    Russian Japanese
    Korean Arabic