http://br.jooble.org/

Siga-me no Twitter

Me leve com você!

Visitantes

Download

Postagens populares

Venha para Facho

PageRank

Verifique o PageRank de qualquer página da web instantaneamente:
  
Esta ferramenta gratuita é fornecida por MestreSEO.

SOS NATUREZA

SOS NATUREZA

Seguidores DIHITT

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Psicóloga, Blogueira, adepta da meditação e alimentação saudavel. Experiência em empresas da área de mineração, bancacaria, varejo e consultoria de RH, habilidade em recrutamento e seleção, rotinas de departamento pessoal, habilidade para aplicação de testes para ingresso em empresas, treinamento, capacitação e avaliação de pessoal. Empática, localizo prioridades de cada pessoa para melhor aproveitamento. Comunicativa e pró ativa. Pontos fortes: criatividade, solução de problemas, facilidade social. Analiso os elementos internos e externos holisticamente na tomada de decisões. Focada sempre nas metas e resultados.

"Pessoas bem sucedidas"

Pessoas bem sucedidas procuram soluções quando encontram um problema pela frente. Não perdem tempo se queixando, porque vêem os problemas como oportunidades de se superarem. Assim, as pessoas bem sucedidas são, normalmente, aquelas que acham soluções - enquanto o resto se queixa.

Blogger Themes

Pesquisar neste Blog

Pages

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Porque as empresas não informam o motivo que o candidato não foi aprovado?





Não existe nada pior do que você estar participando de um processo seletivo a meses e no final, receber um telefonema que você não foi aprovado, porque não tinha o perfil da vaga, claro que você fica frustrado  se questionando, mas onde foi que eu errei, porque eu não tenho o perfil, no que tenho a melhorar? e essas indagações não tem resposta, pois simplesmente as empresas não tem essa preocupação com o candidato de dar o feedback, informando como foi seu desempenho durante o processo seletivo e o motivo porque não foi aprovado.


Quando faço processo seletivo e percebo que algumas pessoas não tiveram um desempenho positivo e que alguns aspectos precisariam melhorar, eu fico bastante preocupada, pois gostaria muito de dar um retorno e conversar com a pessoa para analisar alguns pontos que ela tem a melhorar. Mas infelizmente a empresa que trabalho não tem esse procedimento, eu acho uma pena, pois perdemos muitos candidatos bons, devido a pequenos erros cometidos durante o processo seletivo.


A dica que eu dou aos candidatos, é que desde quando você chega na empresa até o momento de saída, você está sendo avaliado, tem que ter postura e educação, saber se comportar, pois algumas pessoas deixaram de ser aprovados, porque na hora do preenchimento da ficha de inscrição, começaram a falar alto, dizer palavrão, sendo que não sabiam eles que naquele momento também eles estavam sendo avaliados.


Também teve alguns casos que os candidatos não foram aprovados devido a postura corporal, minha vontade era de eu poder dar  o livro "O corpo fala", porque você não pode de forma alguma numa entrevista de emprego, sentar de qualquer forma, como se estivesse em casa.


São atitudes simples que poderiam ser evitadas novamente se as empresas tivessem essa preocupação de informar o motivo porque o candidato não foi aprovado para aquela vaga, pois se ele não saber onde errou, não tem como ele se auto avaliar, o feedback é muito importante, pois o candidato um dia pode tornar seu cliente. Apesar que eu sei que as vezes fica um pouco  pouco inviável dar o retorno para todos, mas acho que daria sim para dar pelo menos aqueles que chegaram ate a etapa final da seleção, pois seria de grande ajuda para o candidato poder melhorar suas habilidades e competências.

16 comentários:

vidarealdasam disse... [Responder comentário]

Olá queridíssima !!!

Muito importantes as suas dicas e também a abordagem deste assunto, eu gostaria muito de ter um feedback das empresas, pois leio muito sobre o assunto, inclusive sobre esta avaliação e linguagem corporal, mas em alguns casos é praticamente impossível saber o que aconteceu, e isso desmotiva o candidato, minando sua auto confiança, digo isso porque já aconteceu comigo.
E acho que você me conhece bem para saber que eu jamais me comportaria mal, seria desagradável ou teria uma postura errada.
Mas enfim, sem o sonhado feedback, continuei na dúvida e na época isso me fez muito mal.
Afinal nunca sabemos o que pode ser melhorado.
Acho que as empresas deveriam permitir, pelo menos aos finalistas este retorno do Rh :)
Adorei o artigo, como sempre !!

mega beijo e bom fim de semana !!! ;)

Principe Encantado disse... [Responder comentário]

Muito boa as dicas, seria o não comunicado uma maneira gentil de não melindrar o candidato reprovado?
Abraços forte

Anônimo disse... [Responder comentário]

Minha amiga Maria,

Sua notícia me deixou curioso para saber qual o motivo da pessoa não ser selecionada para a vaga.
Suas dicas são realmente importantíssimas. Quem lê essa sua informação, principalmente aqueles que estão a procura de emprego irão ganhar vários pontos na hora da seleção.
Vou indicar.
Valeu colega!

Abraços,

Assis Azevedo

André Luis disse... [Responder comentário]

Infelizmente, muitas empresas se preocupam mais, com a aparência de determinados candidatos, do que com o que eles podem oferecer, de bom. Se as empresas conversassem com os candidatos que não obtiveram bom desempenho em uma entrevista,poderia descobrir naquela conversa, um grande potencial, no candidato.

Carol_lineb disse... [Responder comentário]

Eu já sai muito revoltada de alguns processos seletivos com as psicologas que reparam em tudo...e no final nao dizem nada...nem dao uma dica do que erramos e poderiamos melhorar....eu sugiro fazer vários processos seletivos para diversas vagas de uma determinada empresa e depois se candidatar a que realmente quer....assim já vai preparada, pois já conhece o processo seletivo da empresa....
kisses

LISON COSTA disse... [Responder comentário]

Que Post Fantástico!
Amiga MARY:
Quando lemos a sua matéria, está patente nas entrelinhas a sua preocupação com o desempenho dos candidatos. Realmente, você tem toda a razão, um simples deslize, e se coloca tudo a perder.
As dicas em tela são imprescindíveis a todos que almejam construir uma carreira coroada de pleno êxito.
Parabéns por mais um excelente Post!
Abraços,
LISON.

Fatima Zanin disse... [Responder comentário]

Sempre tive curiosidade em saber mais sobre esse assunto tão importante, muito boas dicas, certamente vai ajudar muitos que lerem este exelente artigo.
Beijo.

Bruno Costa disse... [Responder comentário]

Mari, obrigado pela visita, fiquei muito feliz com o seu comentário. Sobre o feedback que você comenta no post, eu também acho frustrante quando a empresa não explica os motivos, mas infelizmente acontece.

Hoje mesmo discuti sobre o assunto com um amigo que trabalha num banco. Ele estava super feliz porque havia recebido feedback de uma seleção que ele fez para subir de cargo na empresa, e a discussão foi justamente essa: que ele havia recebido feedback só porque já trabalhava lá.

Anônimo disse... [Responder comentário]

Realmente seria muito bom se os responsáveis por processos seletivos dessem feedback sobre a razão para o candidato não ser aprovado sendo que ele cumpriu muito dos requisitos. Mas já presenciei casos em que mesmo o candidato tendo cumprido todos os requisitos a questão da aparência física acabou o deixando desqualificado, sobre esse ultimo é uma pena que algumas lojas e empresas troquem um bom profissional por alguém com melhor aparência física. Dei uma passada na sua pagina, achei muito bom os seus artigos. Sucesso e parabéns.

Guilty

Lady Sixties disse... [Responder comentário]

Olá, Mari!
Você não podia ter feito um post mais interessante que esse! Que grande idéia! Finalmente alguém para explicar esse porquê, era meu sonho. Posso imaginar que existam empresas chatas que não deixam seus entrevistadores darem o feedback porque não querem, é regra da empresa, etc! Mas existem empresas que não são assim, o que ainda são poucas...
Não sabia que o candidato era tão avaliado assim... Da próxima vez presto mais atenção.
Valeu pela dica.

Anônimo disse... [Responder comentário]

Acho que as empresas não dão o feedback porque sabem que no final para uma escolha principalmente se for uma vaga para candidatos de dentro da mesma sempre haverá um interesse por parte de alguém e certamente que se foi desta forma, a empresa jamais falará o que aconteceu. Este fato aconteceu comigo e infelizmente não me falaram nada e acabei tirando minhas conclusões sozinho, mais escutei comentários do tipo: Foi alguma coisa que o entrevistador viu no outro e não viu em vc, um detalhe. Com certeza foi um detalhe, mas que detalhe? Este tipo de coisa certamente desmotiva e muito grandes potenciais e as vezes torna-os pessoas com sentimentos de incapaz. O que posso dizer é que se isto aconteceu com vc, não desanime porque o que é seu, está guardado e ninguém tirará de vc, seja na empresa que vc está ou quem sabe em outra. Um forte abraço...

Lady Sixties disse... [Responder comentário]

Oi, Mari! Há quanto tempo, hein?
Pois bem, eu imaginava que fosse por isso mesmo que não pode falar o porquê que fomos reprovado: A empresa não deixa e ponto final.
Coisa falha mesmo! Pois devia falar sim para evitar essa cadeia repetitiva...
bjs

Anônimo disse... [Responder comentário]

Oii Maria

Seria um sonho se todas as empresas tivesse esse tipo de preocupação, e informasse o motivo pelo qual o canidato não foi selecionado, isso seria de aprendizado e crescimento profissional.

Adoro seu blog
Bjs
Amanda

Anônimo disse... [Responder comentário]

ótimo post, acho que deveria ser regra pois assim os candidatos sabem onde está o erro e com isso aprende, é tão quando alguém nos fala de forma a acrescentar onde erramos... o pior é quando nem ligam pra dizer, ou passam um e-mail a sensação e horrível.
Um abraço Maria.

Anônimo disse... [Responder comentário]

Olá Mari,

Infelizmente isto é muito comum, também atuo com Recrutamento e Seleção e a empresa que eu trabalho também não possui esta prática.
Em minhas experiências em processos seletivos, houve apenas um no qual eu recebi um feedback de qual ponto me reprovou no processo e isso foi muito proveitoso.

Também vale pensar que muitas vezes o que reprova o candidato são as formas de avaliação subjetivas, como a energia que o candidato demonstra e o seu brilho nos olhos... As vezes pode ser delicado explicitar este fator ao candidato.

Abraços,

Pricila Almeida

Consultoria RH disse... [Responder comentário]

Este blog é uma representação exata de competências. Eu gosto da sua recomendação. Um grande conceito que reflete os pensamentos do escritor. Consultoria RH

Postar um comentário

Agenda do Recife

REVISTA VOCÊ RH

Google+ Badge

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Consultoria de RH

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Me leve com você!

Adicione seu Email

E-book

E-book

COMPRAR E-BOOK

Tradutor

Translator

    English French
    German Spain
    Italian Dutch
    Russian Japanese
    Korean Arabic